Parcas e Fúrias

Um quase hakai - encadeado de palavras , fintas e cores : 


no fluir e o refluir das águas
de vivas cores
entre arrepios de desejo
assiste no espelho de imagens trêmulas
o rebolado do vai e vem
da fêmea possessa
lábios rubros em carne viva
olhos verde-fúria
a beliscar pétalas de cerejeira


Comentários

Jens disse…
"o rebolado do vai e vem da fêmea possessa". Imagem interessante. Interessantíssima - e não me refiro apenas ao bailado aquático.

Abraço.
Игорь disse…
O poder das palavras, ou melhor da idéias. Concordo. Achei surpreendente.

abraços
Dilberto L. Rosa disse…
Mais surpreendendte ainda é o epílogo de uma fêmea possessa, em orgástico rebolado furioso, acabar a beliscar pétalas de cerejeira... Curiosa imagem de suavidade por sobre o vai e vem lancinante! Interessantes e profícuos diálogos com tua amiga Mara: parabéns aos dois! Abração!

P.S.: no dia 30 próximo, os Morcegos comemorarão 7 anos de existência e darei fim a mais uma "temporada" (mas vou voltar, sei que ainda vou voltar...) - não perca postagem especial!
Игорь disse…
Olá Dilberto . A Mara pinta música e palavras. Gosta de se equilibrar nos extremos.

xxxx

07 anos !! estarei lá no dia 30 , no mais tardar apareço online no dia 01.

abração
Katia Mota disse…
Também se recolhe e colhe coisas lindas.... bjs
Игорь disse…
Talvez, o belo sempre me escapa.

bjo
Michelle Buss disse…
Poxa, muito bom!
Игорь disse…
Rsss, a Mara pinta letras muito bem;)