Postagens

Mostrando postagens de Março, 2011

Cães na Garrafa

Dois cãezinhos brincavam . Um negro e outro amarelo- palha . Ganiam de alegria. . Corri  atrás dos bichinhos  nas ruas cor de sépia e becos descoloridos de carmim. Eles eram espertos e tentaram me iludir, cada um correndo para um lado.
 Sem chance , capturei um por um e os guardei dentro da minha garrafa . Voltei pra casa, a cantarolar . Tinha dois cães engarrafados. As pessoas comentavam : “ Que sujeito sortudo, ele tem cães na garrafa. “  Poderia apresentá-los no Grande  Teatro e até mesmo atravessar o Mar do Esquecimento  ... Mal  fechei a porta , corri para a cozinha . Levantei o recipiente contra a luz . Os cães haviam desaparecido . No lugar deles havia um inseto. Sabia que era um inseto, pois tinha seis patas, aracnídeos têm oito . Não importa, meus cães e a minha  apresentação  estavam momentaneamente prejudicados . Chamei um empregado : “ Procura por meus cães que fugiram da garrafa" .  “ Sim sinhô “- ele respondeu .  Teve um arrepio ao ver o inseto se debater e sumiu para…

Intermezzo

El Agheila Março de 1941...
 -Estás ouvindo Nobby ? A guerra não respira mais ... (...) -És um inocentinho , Dusty... A guerra não respira mais! Esta maldita guerra contém o fôlego por um minuto , mas não para de respirar ... Sempre  é o que te digo . Tu  e eu , as palmeiras, o Cairo, Alexandria e os italianos, a mesquita branca e todos os nossos tanques, tudo isso desaparecerá com a guerra, mas não a Guerra .
Paul Carell