Sagrado

Foi num dia como outro . Aliás como todos os outros. Dias se sucedem. Óbvio.
Voltei ao velho Templo de História Natural .Curioso: falei em“Templo” ao invés de Museu.
Criaturas imortalizadas  com arsênico.

яя
- O vejo desde a infância . Estranho exemplar .
- Sim , eu também , há algo nos olhos dele ...
- Acho que é o posicionamento .
- Incorrecto ?
- Ao que parece  foram colocados nas fossetas loreais e recobriram as cavidades oculares .
- Fica mais dramático , não ?

яяя

Andamos em volta dele por um tempo. Olhares clínicos e cínicos:
- É . Ainda impressiona . Há quanto tempo será que está aqui ?
- Acho que uma das coisas que sempre estiveram aqui ..
-Observe a pele . Vê as suturas ?
- Vejo...  


яv
Fiquei pensativo. Várias peles suturadas e cosidas entre si . Chimeras são sagradas.


Игорь

Comentários

Amiga do Cafa disse…
Fiquei com medo do conto. Sinistro.

E o desenho ?

bj
Игорь disse…
Olá . Ficou tão sinistro assim ?

O desenho está sendo rabiscado e apagado :)

um bjo
Celamar Maione disse…
Oi !

Gostei do conto. Conciso. Misterioso. Instigante.

Sabe que até me lembrei de algumas cenas do " Código Da Vinci " ?

Beijos

Ps - Coitadinha da Amiga do Cafa. Ficou com medo do seu conto...ahahahha !
Игорь disse…
Do Código da Vinci ??!! Rsssss

Algumas pessoas são mais impressionáveis que outras . na verdade não sei que tipo de impressão o conto causaria . Minto sei que causa uma certa estranheza...

um bjo
DonMartini disse…
...templo...passeiam diante de um antigo símbolo frio, costurado, preparado para suportar e disfarçar o tempo; um tótem talvez, a imagem antiga de algo que está dentro dos observadores (poderiam ser estes dois répteis costurados e tratados em humanos...); Há algo de frio, escuro, profundo - abissal nesta atmosfera... um reencontro...conheço isso, velho Ig, conheço certas atmosferas vossas... GENIAL, meu Velho...
Игорь disse…
Olá velho Amigo.

Cá está de volta . Sim conheces certas atmosferas ;)

um abraço e obrigado pela visita!
mara* disse…
Pele dilacerada, parafuso nos polegares, despido, tatuagem de pentagrama invertido. Stigmata diaboli. Herege. Na semi-obscuridade do museu, Tomás, o preferido de Isabel, sorri entre crânios, tíbias, vértebras e fêmures, dispostos nas paredes, nas colunas e no teto, em macabra arquitetura. Ossos de mil monges. Sagrado. Sanctum Sanctorum.
Игорь disse…
Mara não vou dormir hoje à noite ...

Me lembrou o Hellraiser ( brrr)

Rssss

um beijo
Dilberto L. Rosa disse…
És taxidermista, né? Só pode, tamanha a obsessão, ré, ré! Excelente viagem e postagem, meu caro amigo: viagens no tempo são sempre salutares, quimera eternizada em nossas retinas fatigadas...

Há 'post' novo nos Morcegos, mais uma longa elucubração sobre vários temas desta minha fase corrida (inclusive sobre o tampo, este nosso incompreendido)... Ainda haverá um derradeiro, no ar a partir de 25/12, mas este será programado, pois estarei viajando. Mas cá estou a te desejar um feliz Natal e um ano de 2011 desde já eternizado!

Abração!
Игорь disse…
Rssss

Quase Dilberto , quase ...

Obrigado pela visita

Abração !
Jens disse…
Leitura agradável para o final do dia natalino. A propósito, ainda está em tempo: espero que tenhas tido um bom Natal. Se bem que não sei não... suspeito que, para ti, um feliz Natal terminaria com o bom velhinho empalado e empalhado, hehehe...

Um abraço.
LuCordeiro: disse…
Aff...fiquei imaginando retalhos de peles suturados e me deu agonia.É a estética do soturno que habita as aulas de medicina legal.Sempre fugi delas ou me escondia atrás de colegas altos para não ter que participar ativamente.O cheiro de formol ainda arde na minha lembrança.Tive que conviver com uma espécie de museu macabro pq um professor adorava manter cabeças formolizadas em cubas de vidro,no laboratório de anatomia.
Felizmente isso acabou.Prefiro a luz do sol à atmosfera sombria dos morgues.
bjsss,queridão.
Игорь disse…
Olá Jens !

Fiz um mimo para o bom velhinho ...

Acho que vou postar aqui .

abraços
Игорь disse…
É quase isso Lu ...

Agora se tiverem móveis victorianos brrrr

beijos
Sra. K. disse…
Chimeras sempr eme lembram Baudelaire...belo conto!
Игорь disse…
Obrigado !

Acredita que li quase nada de Baudelaire ?

Muito comentado e pouco lido ( ao menos por mim )
mara* disse…
Um fantástico 2011 meu amigo! Para mim, sendo igual ao 2010 já está de bom tamanho.

Beijão
Игорь disse…
Obrigado Mara

até breve !!

Feliz Ano Novo
Jens disse…
Feliz Ano Novo, camarada.
Em 2011, pra cima com a viga!

Um abraço.
Игорь disse…
Opa Feliz Ano Novo Jens!

abraços