Curto e Circuito


 O que alguns chamam de estilo chamo de repetitivo .
  O que alguns chamam de fórmula , chamo desgaste .
                     O que alguns chamam de imaginação pra mim é só curto-circuito .
O que ...
              Curto e Circuito . Escravo de linhas, sinapses  e círculos .


Игорь

Comentários

mara* disse…
O também escravo de linhas, Dostoiéviski, vez ou outra, ficava à beira de um curto-circuito que descreveu como sendo tão forte e tão doce que trocaria dez anos de sua vida por alguns segundos dessa delicia. Era curto e envolvia o circuito entre os neurônios e as áreas de prazer. Era algo comparado a uma explosão. Não, não era o curto-circuito do orgasmo. A felicidade que o ‘martirizava’ era um raro tipo de epilepsia.
LL disse…
Uhhhh... não sei... talvez escravo da 'moda'.
Hoje é o meu dia negro. E o gato?
Beijos
Luísa
Katia Mota disse…
Curto e Circuito . Escravo de linhas, sinapses e círculos .

Assim como do pó ao pó... redundante.. gostei da imagem...

bjs
Игорь disse…
Olá Mara , não chego a tanto . De vez em quando sonho que estou escrevendo ...Parecem boas idéias ...

Oi Luísa , dia negro ?? O GATO já já aparece ;)

Olá Katia , nossa vida não é constituída de redundâncias ?

beijos e obrigado
Escravo ?
A escravidão da criatividade. Dói. Mas engrandece.
Podemos escolher.

Beijos
Игорь disse…
Oi Celamar

Gostei de tua colocação .

beijos
Jens disse…
Tem a ver o lance do estilo e da fórmula. Mas é preciso entender: é impossível ser original todo o tempo.
Quanto ao curto-circuito, meu único temor é o apagão.

Um abraço.
Игорь disse…
Oi Jens acho muito dificil ser original . Deve acontecer uma vez ou outra . Na maior parte do tempo estou a reinventar a roda .

Apagão ...Hmm... boa idéia .

abraços
LuRJ disse…
É... a gente anda em círculos.Em torno do próprio ego,será? Mas não será isso que nos torna ímpares? A única preocupação deve ser que o cicuito não seja curto,um círculo mínimo a engessar a afetividade.Qto a Dostoiéviski,os tais momentos de delícia eram devidos à epilepsia,segundo o que escreveu Mara.Santa epilepsia:o sujeito era um gênio e ainda sentia prazer pelo curto-circuito de seus neurônios,sem precisar de sexo...Se inveja matasse,eu estaria morta agora.
Bjs,amigo.
Игорь disse…
Oi Lu .

É ele parecia bem auto suficiente . Mas fritar neurônios dispenso . Prefiro -os brincando com palavras e imagens .

beijos