Micro

Vento frio no fim da tarde de domingo.
O garoto mal vestido faz malabarismo em frente a um único automóvel. 
A motorista completamente concentrada nas bolas coloridas caindo lentamente....
vermelho, amarelo e depois verde.


R.S.*




*= talentoso amigo de um blogue vizinho.

Comentários

Celamar Maione disse…
Gostei do conto !
Triste,porém bonito.

Verde de esperança, amigo.

bjs
Игорь disse…
Olá Celamar.

Como convém ao domingos.


bjos
M. Addams disse…
Gostei³³³³³³ da ideia.
Aliás, quanto tempo não passava por aqui! Tudo muito corrido. Estudos a milhão.

Abraço.
Игорь disse…
Valeu, R.S é um bom escritor. Pena que ultimamente seus posts se tornaram um tanto secretos rsss.

abs
Dilberto L. Rosa disse…
Mas e o 'link' para o tal "R.S."? Ou ele seria mais uma versão empalhada dalgum espécime raro de meu amigo cirílico?!

Não vi a esperança que a Celamar quis ver, mas, sim, uma indiferença mórbida vencida pelo cantar das pedras de um semáforo confundido à redenção de se livrar daquelas bolas coloridas a esmo... Belo, realmente: parabéns ao R.S....

E a você, meu caro amigo: agradeço-te as visitas pontualmente perenes e me desculpo pelo sumiço - além do tempo torto (vinha rapidamente, mas não comentava), passei um tempo, sem querer, sem teu 'link' (caso agora resolvido!).

Acabei esquecendo o teu nome real: pelas boas festas, mantenhamos um dedo de prosa por 'e-mail' - apareça! Nos Morcegos, também! Abração!
Игорь disse…
Olá Dilberto!

Também vi o verde-indiferença do domingo.

Em breve ( acho) R.S nos mostra seu blogue.

abraços!