Marcha Judicial opus 1 " Allegro ma non troppo"

Pressão interna -externa...
    ЯЯ
Surge das entranhas
 -Uma chicotada?

   ЯЯЯ
Sem forma . Só metáforas.
    ЯV
Liberdade...eco ...ade ...ad...e
Eco ...e...c...o Liberdade ...ad...

“ A rigor só tinha uma única liberdade :
Abrir e fechar as pálpebras”

Eco ...e...c...o Liberdade ...ad...
Liberdade...eco ...ade ...ad...e

Arremesso de verdades ao cesto
Arremedo de petições ao protocolo
Abre- fecha pálpebras
Enquanto a marcha judicial
Tritura sua humanidade. 

Игорь

Comentários

Dilberto L. Rosa disse…
Fico a me perguntar o que seriam tais chicotadas... Não devem ter doído, uma vez que dormiste ao bel sabor do enfadonho discurso sobre liberdade... A marcha judicial é mesmo insana e triturante de nossa paciência: um dia inda largo essa vida e viverei de minhas letras! Abraço! O referido é verdade e dou fé!
Frank Saiu disse…
Dramático! Espero que as coisas melhorem no II Ato.

Abraço!
Игорь disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Игорь disse…
Olá Dilberto , uma boa pergunta ...

Sim , mais um post pela metade . Ou talvez pelo "primeiro terço".

Um dia coloco um pensamento ou 2 ou duas marchas judiciais . Idéias fervilhando aqui .

abração !
Игорь disse…
Oi Sócio

O segundo acto ....

Quem sabe ?? Tive uma idéia . Depos te conto rsss

abraços !
LuCordeiro, disse…
Queridão,vou tentar um Allegro Maestoso: Arremesso de verdades ao protocolo e arremesso de petições ao cesto (já que uma boa parte é copiada da internet). Aí é a Liberdade para quem é triturado pela marcha - com passo de ganso - judicial. Afff... será que viajei?
bjsss misss...
Игорь disse…
Oi Lu !!

Rssssss

Viajou não ;)

bjs
Jens disse…
"Enquanto a marcha judicial
Tritura sua humanidade".

O cidadão Joseph K. manda lembranças.

Um abraço.
Игорь disse…
" O processo".

Atemporal . Infelizmente.


Abraços