Pontas de de Lança

Posto-me diante do MURO. Gostava de saltá-lo . Raspar os cotovelos nos tijolos em  queda livre na calçada . A liberdade ( e a trangressão)  custavam apenas um impacto nos tornozelos . Hoje ostenta uma fileira de dentes ferruginosos . Aumentaram sua altura.Quase intransponível. Hoje os garotos saltam pela internet.

яя

De salto em salto fui parar na diretoria :

-Como você é infantil , se não  está com vontade de assistir aula basta solicitar uma dispensa ...

Silêncio respeitoso .Olhos baixos . “ Como te explicar que o tesão é pular o  MURO”.

яяя

Havia um portão gradeado e ornamentado com Pontas de Lança  douradas . Aranhas bailam sobre teias . Bailava sobre Pontas de Lança. Uma dança precária .  


Игорь

Comentários

Amiga do Cafa disse…
Oi...

Conto " gostoso". Lembrei-me das minhas traquinagens adolescentes.

bj
Игорь disse…
Há obrigado . Algumas traquinagens eram estultícies ...

bj
Luana Inaudita disse…
Lembrei-me do Neuromancer... Leu?
Игорь disse…
Sim , li o Neuromancer . Gostei muito. Visualmente o associo ao Blade Runner ...
Luísa L. disse…
Nropb,

Olá!! Que maravilha... Saltar muros, para roubar laranjas na horta do "ti" Jaquim... :)

Beijos
Игорь disse…
Olá LL

Rsss , que bom que evoca-te boas lembranças :)

bjo
LuCordeiro: disse…
Pular muros é uma das melhores coisas que se pode fazer.Desafiar proibições... Estou sempre nessa.
bjsss,amigão.
Dilberto L. Rosa disse…
Depois do tesão saciado (ou interrompido pelo diretor da escola), a observação cálida e ao mesmo tempo melancólica de um detalhe, um pequeno detalhe do portão, visto por quem pulasse o muro, talvez...

E você joga os dados para ver quem será o próximo a voltar do mundo dos taxidermizados, né?!

Abração e de volta à ativa: feliz 2011!
Игорь disse…
Rssss

Sim , pular muros , um pequeno acto de rebeldia estereotipada .

Lu e Dilberto ,

obrigado pela visita

beijos e abraços